Viajando “solo”

Em 2003, como já contado, adquiriram sua primeira moto Custom, a Shadow,  e no fim do ano de 2004 decidiram realizar uma viagem mais distante, sem ser com o Moto Clube; escolheram Arraial D´ajuda como destino. Esta viagem, de aproximadamente 1400 Km, foi realizada em duas etapas na ida, na companhia de amigos “não-motociclistas”, com parada em Itacaré, onde ficaram por dois dias. Seguiram, então, sozinhos, rumo à Arraial, era a primeira viagem “solo”, que transcorreu sem problemas ou dificuldades.
A volta, porém, realizada de uma vez, foi cansativa, levando quase 12 horas… iniciantes em longas viagens, sofreram com a falta de paradas adequadas e uma programação que diminuisse as dores, o cansaço e o mau-estar causados por um banco ruim e caminhos nem tão agradáveis. Mas valeu a pena… começava a construção de um sonho maior e mais distante!!!
Depoimento Andréa: “A ida foi maravilhosa, super-tranquila e divertida, fomos com “carro de apoio”, com minha irmã e cunhado, fizemos várias paradas e nos sentimos aventureiros, já que não conhecíamos o caminho, era a primeira viagem longa na Bahia para os quatro, desde nossa chegada. Em Itacaré encontramos outros amigos e tivemos dias ótimos, fizemos trilhas e conhecemos lugares lindos! A viagem a Arrail, em si, foi EXCELENTE, conhecemos Porto Seguro, Sta Cruz Cabrália, pontos turísticos do Descobrimento, indico a TODOS realizarem esta viagem. A volta é que foi díficil, sentimos o peso de um banco HORRÍVEL, que meu causou dores no corpo todo. Fizemos paradas erradas e não nos preocupamos com o total de Kms a serem rodados, erros de principiante mesmo. Voltamos pelo Ferry-Boat que liga a Ilha de Itaparica a Salvador, achei, por um momento, que tería que pegar o ônibus coletivo para chegar de Salvador a Lauro de Freitas, depois que desci da moto, achava que não ia mais conseguir subir nela hehehehe. A parte boa: chegamos bem e felizes com nossa primeira “grande” viagem sozinhos.”
Em 2007, o casal começou a pensar em outra aventura, ainda maior, tinham o sonho de ir de moto a São Paulo. Programaram a viagem para o fim do ano, poderiam passear e, ainda, comemorar as Festas de Fim de Ano junto à família, porém Andréa começou a trabalhar em Outubro e, infelizmente, não pôde tirar férias. Mas o sonho não foi abandonado e ambos combinaram que Jorge iria sozinho. Em 16/12/2007 Jorge inicia a viagem rumo a São Paulo, em cima de uma Marauder, voltando a Lauro de Freitas em 28/12/2007, após percorrer, sozinho, 5000 Km.
Depoimento de Andréa: “Inicialmente fiquei triste, e também preocupada, com a ida do Jorge sozinho, mas era um sonho; e sonhos, quando possíveis, são feitos para serem realizados; então, superei a tristeza de não poder estar junto e incetivei a realização da viagem.”
Sonhos realizados, algumas viagens curtas, a maioria para comemorar datas especiais, e algumas com a participação da família, fizeram parte das aventuras deste casal, que são retratadas em imagens e muita emoção.
Aventuras de Jorge e Andréa de 2004 a 2010.

Após estas viagens, começam a pensar “GRANDE” e imaginar uma viagem para fora do país, surge então a necessidade de uma moto que atenda algumas necessidades: a V-Strom chega em 2009 para participar dos preparativos que os levarão a MACHU-PICHU.
facebookyoutubemail

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>