Arrumando as malas!!!

A arrumação das malas é uma parte essencial, por vários motivos: primeiro porque dela depende você conseguir levar tudo que deseja (e realmente precisa); segundo pois a divisão de peso é importante para a estabilidade da moto; terceiro porque os espaços precisam ser utilizados de maneira a permitir que você traga “lembrancinhas” caso as encontre e esta parte é mais importante para a ala feminina da viagem.
O primeiro passo é listar o que levar, quais os itens essenciais, a quantidade ideal (sempre lembrando que você está de moto e que, neste caso, o ideal é bem menos que o “normal”), separando o que é de um e de outro. Colocar tudo em cima de uma cama é uma boa opção para visualizar e perceber o que de fato é prioridade, começando por ela a arrumação.
Sacos que permitem a retirada do ar podem ajudar, mesmo que você não utilize o aspirador (até porque não podemos contar com ter acesso a um). Sacos zip são ótimos para carregar documentos, pois os mantém secos; pode-se usá-los também para carregar itens líquidos, isso pode evitar que suas roupas se sujem caso algo vaze. Jorge e Andréa decidiram colocar toda a bagagem em um saco plástico grande, evitando que molhem caso entre água de chuva nas malas laterais.
Usar pequenas embalagens de produtos de higiene pessoal é essencial e colocá-los em necessaries também compactas é melhor que em uma grande, pois fica mais fácil colocá-las em espaços vazios entre as peças de roupa.
Pense sempre em arrumar os itens mais importantes em locais de fácil acesso; pode parecer uma mera bobagem dar esta dica, mas imagine precisar de lenços umedecidos para uma emergência e eles estarem no fundo da mala! Ou o Kit de primeiros socorros! Depois de arrumadas, fica mais difícil refazer as bagagens. Enfim, malas prontas, agora é contar as horas para o inicio da “aventura”.
Depoimento Jorge:
“Arrumar as malas foi mais ou menos como colocar um búfalo dentro de de uma caixa de sapatos. Na verdade, tres caixas de sapato. Uma de cada lado e uma sobre a traseira.
Os sacos VacBag (aqueles que vc pode tirar o ar de dentro com um aspirador de pó ou sentando sobre ele, o que foi o caso) foram essenciais para acomodar uma grande quantidade de roupas de frio num pequeno espaço. Concentrei o maior peso das peças sobressalentes e tranqueiras em geral na mala traseira, e as ferramentas sob o banco.
Achei que o peso ficou bem distribuído. Durante a viagem terei de ficar atento ao comportamento da moto. No fim das contas, conseguimos levar tudo o que tínhamos programado. Agora é pau na máquina!!!!  hehehehe…”
Depoimento Andréa:
“Bem, esta fala de que estamos levando tudo é um comentário machista hehehehe. Para nós, mulheres, levar “tudo” é levar quase nada, mas quem viaja de moto tem que se acostumar a uma sandália rasteira, algumas camisetas e um tênis… é difícil, mas valerá a pena!!! Ainda bem que consegui um espacinho para um perfuminho (mini) e um hidratante, afinal vou para o Deserto, uma secura danada! Brincadeiras a parte, realmente conseguimos colocar tudo que listamos e isto mostra nossa organização rsrsrsrsr Agora é torcer para conseguir colocar “o mesmo tudo” na volta!!!!!!!!”
facebookyoutubemail

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>