25 Geiser del Tatio (36)

Em cima de um vulcão!!!

25 Geiser del Tatio (26)
12.12.2010
Gêisers Del Tatio
A saída para o passeio aos Gêisers é as 4h., a Van passa nas pousadas pegando os turistas por volta deste horário. O casal acordou as 3:30 e o café da manhã já os aguardava, as pousadas têm o costume de preparar um lanche para ser levado pelos turistas, já que o passeio é longo e com certeza a fome vai surgir. Mas algo diferente os aguardava.
25 Geiser del Tatio (17)
O frio é absurdo, não o subestime, se agasalhe muito!! A noite do deserto é linda, mas gelada!!

A viagem leva cerca de 2h30m, realizada por estradas de terra e sob as estrelas, que, aliás, é uma beleza a parte. O céu totalmente repleto de luzes cintilantes, mais parece um mar esbranquiçado. Alguns aproveitam para dormir, principalmente aqueles que curtiram a noite de San Pedro.

25 Geiser del Tatio (21)Os Gêiseres de Tatio estão localizados na bacia geotérmica que leva o mesmo nome, na base do Vulcão Tatio, a 129 quilômetros ao leste da cidade de Calama e a 90 quilômetros ao norte de San Pedro de Atacama, a cerca de 4.320 metros de altitude. São considerados um dos mais importantes do mundo. Formados por dezenas de buracos de onde são expelidas fumaça, lama e água fervente que chegam a 10 metros de altura.

25 Geiser del Tatio (7)

Um géiser ou gêiser é uma nascente termal que entra em erupção periodicamente, lançando uma coluna de água quente e vapor para o ar. O nome gêiser provém de Geysir, o nome de uma nascente eruptiva em Haukadalur, na Islândia; este nome deriva por sua vez do verbo gjósa, “jorrar”.
25 Geiser del Tatio (16)Seu processo de formação se dá quando a água subterrânea que se encontra nas fissuras, cavidades e lençóis freáticos, em contacto com rochas e principalmente a lava vulcânica encontrada abaixo, à elevada temperatura, vai aquecendo a água gradualmente.
25 Geiser del Tatio (3)
A elevada pressão a que a água se encontra faz aumentar o ponto de ebulição da água e, quando a temperatura da água atinge um ponto crítico, entra rapidamente em ebulição. O vapor de água obriga então a água a subir de forma violenta, em forma de jacto, dando origem a esta manifestação de vulcanismo. Esses jactos podem atingir cerca de 80 metros de altura e apresentar temperaturas de 70 °C a 100 °C.
25 Geiser del Tatio (30)
Devido ao seu processo de formação, o melhor horário para assistir a este espetáculo da natureza é entre as 6:30 e 9h, quando a pressão atmosférica gera enormes colunas de vapor, as águas quentes do fundo da terra (85º.C), em ebulição, saem através de fissuras na crosta terrestre, se encontram com as pedras frias da superfície, devido à temperatura da noite no deserto,  formando nuvens de fumaça que chegam a 10 metros.
25 Geiser del Tatio (20)Para deleite dos turistas, é servido um café da manhã ali mesmo, no meio dos gêiseres, que inclusive são utilizados para aquecer o leite, cozinhar os ovos, é algo muito divertido e diferente.
25 Geiser del Tatio (22)
Após o café coletivo e muitas perguntas sobre o fenômeno, o grupo é levado a outro campo de gêiseres, onde a atividade ainda é intensa, onde se encontram os mais altos jatos de água e onde existe uma piscina, isto mesmo, uma piscina, de água quente, cerca de 33º.C, onde os mais corajosos aproveitam para se banhar.
25 Geiser del Tatio (9)

A mistura do azul do céu, das nuvens de fumaça, das montanhas, do sol nascendo, traz um ar de surrealidade a este momento, levando o casal a pensar que poderia estar em Marte ou qualquer outro planeta distinto da Terra.

25 Geiser del Tatio (12)

Todo cuidado é pouco neste passeio, o guia Salvador, foi muito enfático em falar do perigo de estar em cima de buracos que jorram água fervendo, principalmente no segundo campo, onde os gêiseres são grandes, porém tudo é muito bem demarcado e sinalizado, basta seguir as indicações e ter cautela. Contam que a alguns anos uma pessoa morreu ao cair dentro de uma das crateras.
25 Geiser del Tatio (2)Depoimento Andréa: “É um espetáculo fascinante, imperdível, mas o frio é de congelar. No dia em que estivemos por lá estava menos 5º.C. Foi o maior frio de toda a viagem!!!! Mas valeu a pena! A piscina é um atrativo, mas e a coragem para sair dela??? O melhor foi nem entrar hehehehehehehe Este é o tipo de passeio que é difícil explicar, aliás a maioria dos passeios por aqui precisam ser vivenciados para serem eternizados na memória”.
25 Geiser del Tatio (44)Saindo dos Gêisers, retomaram a estrada de volta, e paisagens fantásticas surgem no meio de um mundo de pedras e seca: um oásis repleto de água doce, vegetação e uma família de vicunhas, inclusive puderam assistir a um macho lutando com outros por território. Momentos únicos da natureza, presenciados por poucos!
25 Geiser del Tatio (42)
Também puderam ver inúmeros flamingos, agora fora da Reserva, que aproveitavam a água para se banhar e alimentar.
25 Geiser del Tatio (40)Uma visão, ao mesmo tempo, estarrecedora e bela, é a do Vulcão Lascar, único vulcão ativo atualmente na região. Localizado a uma altitude de 5.592 m.s.n.m., possui uma cratera com 750 metros de diâmetro e 300 de profundidade e sua última erupção foi em 18 de Abril de 2006 e esta fumaça que aparece na foto é permanente, demonstrando que está vivo. Muitos aventureiros arriscam sua escalada. Um terço dos vulcões do mundo se encontram no Chile, 160 encontram-se ativos, porém só o Lascar está em plena atividade atualmente.
26 Machuca (3)
No caminho de volta, pararam para conhecer o povoado de Machuca, que está a mais de 4.000 m.s.n.m., a 80 km al norte de San Pedro de Atacama. Devido a altitude, caminhar pelo “pueblo” é uma missão que requer muita calma, com movimentos lentos e sem mudanças bruscas, evitando o mal de soroche.
26 Machuca (2)
Este povoado tem cerca de 20 casas e uma igreja, as poucas famílias que viviam em Machuca foram deixando o local para garantir uma vida melhor nas cidades maiores, atualmente apenas 6 habitantes moram de fato em Machuca e vivem da pecuária (principalmente criação de lhamas) e da visita de turistas, já que faz parte da maioria dos pacotes turísticos que levam ao Gêiseres.
26 Machuca (25)Nas orelhas das lhamas é possível ver diversos enfeites coloridos, que são colocados como forma de agradecimento pela sua serventia ao povo, por servir de alimento, de agasalho e manter as pessoas vivas.
26 Machuca (16)Os turistas aproveitam para conhecer o local e experimentar a empanada de queijo de cabra e o famoso “churrasquinho” de lhama, feito ali, na hora, por um típico atacamenho.
26 Machuca (12)
A Igreja é bem pequena, mas jeitosa e bem arrumada. Difícil mesmo é chegar até ela, já que fica em um morro e subir morros na altitude não é uma tarefa fácil para os menos atletas.
26 Machuca (13)
A energia é conseguida através de painéis solares, energia tão desejada pela sociedade moderna. Ainda conta com hospedagem rústica, que agrada os turistas mais aventureiros.
26 Machuca (21)
Todas as casas possuem uma cruz em seu telhado, que simboliza um pedido de proteção aos deuses e uma forma de evitar a entrada dos demônios.
Desfrute um pouco mais deste passeio….

Para conhecer mais:
CONTINUA………
facebookyoutubemail

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>